Dolores O’Riordan, vocalista da banda The Cranberries, era contra o aborto

A vocalista do The Cranberries era contra o aborto 

 

Love-both-581x451

A cantora irlandesa Dolores O’Riordan, do grupo de rock The Cranberriesque faleceu no início deste ano, era contra o aborto.

Por causa da massiva propaganda que a Irlanda tem enfrentado a favor da legalização do aborto, sua mãe, Eileen O’Riordan, esteve no encontro “Love Both” (“Ame os Dois”) e afirmou que sua filha defenderia a 8º emenda, que protege o direito a vida do nascituro na Irlanda.

No encontro pró-vida, a mãe da vocalista disse que a sua filha “era completamente contra o aborto”.

O posicionamento público e destoante da mídia não foi nenhuma novidade: a própria vocalista já havia manifestado ser pró-vida numa entrevista dada no auge da carreira – tanto que na época a revista Rolling Stone declarou “Não conte com O’Riordan como uma aliada para a defesa do aborto”.

Na entrevista, a cantora não mediu palavras e afirmou:

Eu não estou em posição nenhuma para julgar outras mulheres, sabe?

Mas quero dizer: “Idiota, por que você não se cuidou para não engravidar?”

Não é bom para as mulheres passarem pelo procedimento e ter uma vida aspirada para fora dos seus corpos.

Isso diminui as mulheres.

Mesmo que algumas mulheres digam “Oh, eu não me importo de abortar”, cada vez que uma mulher aborta isso esmaga a autoestima dela; e a diminui, diminui e diminui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *